A proposta de organizar um seminário para debater resultados de pesquisas e estimular projetos sobre associativismo e sindicalismo docente surgiu em 2007, e se concretizou no I Seminário sobre Associativismo e Sindicalismo Docente, realizado nos dias 21 e 22 de abril de 2009 no Rio de Janeiro. O evento foi organizado pelo Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho (GEPT/UnB), Núcleo de Pesquisas e Estudos do Trabalho (NUPET) e Programa de Estudos e Documentação Educação e Sociedade (PROEDES/UFRJ). Na plenária final do Seminário aprovou-se a constituição da Rede de Pesquisadores e Pesquisadoras sobre Associativismo e Sindicalismo dos Trabalhadores e das Trabalhadoras em Educação (Rede ASTE). Desde esse momento a Rede tem se internacionalizado, ampliando o diálogo entre pesquisadores de diferentes países.

Na nossa página divulgamos publicações académicas sobre associativismo e sindicalismo dos trabalhadores em educação e informação sobre os nossos seminários e atividades - incluíndo os trabalhos apresentados. Também temos uma seção de notícias e foros de discussão para o usuários da página. 

Atualmente a  Direção Colegiada da Rede ASTE está integrada por Adrián Ascolani (Argentina), Amarílio Ferreira Jr. (Brasil), André Robert (França), Aurora Loyo (México), Carlos Bauer (Brasil), Deise Mancebo (Brasil), Julián Gindin (Brasil), Márcia Ondina Vieira Ferreira (Brasil), Marcos Ferraz (Brasil), Ricardo Pires de Paula (Brasil), Rosa Serradas (Portugal), Sadi dal Rosso (Brasil) e Savana Diniz Gomes Melo (Brasil).

Os resultados do trabalho promovido no âmbito da Rede foram, entre outros, a ampliação da discussão sobre os referenciais teórico-metodológicos que sustentam as pesquisas na área; o incentivo à produção e socialização de pesquisas sobre o tema em vários países e, ainda; a perspectiva de publicações coletivas das produções de seus integrantes. Destaca-se ainda a reafirmação da importância de vigência de relações solidárias, abertas e horizontais na Rede.