VII Seminário Internacional da Rede ASTE (Lisboa, 11-13 de julho de 2019)

O Sindicalismo Docente e a Construção da Profissão na Europa e na América Latina: Contribuições dos Sindicatos, estado da investigação e perspetivas

Justificativa, objetivos e comitês científico e de organização

No ano de 2009, no Rio de Janeiro/Brasil, ocorreu o I Seminário sobre Associativismo e Sindicalismo Docente, cujo resultado objetivo foi a constituição da Rede ASTE – Rede de Pesquisadores e Pesquisadoras sobre Associativismo e Sindicalismo de Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação. Como seu nome evidencia, seu principal propósito é aproximar docentes e estudantes que têm por objeto de investigação o associativismo e o sindicalismo dos/as trabalhadores/as em educação, esses e essas que compõem um dos mais importantes setores do sindicalismo mundial. De fato, educadores/as docentes e educadores/as administrativos/as estão envolvidos/as com a formação humana desde as primeiras séries escolares até a formação universitária mais avançada, constituindo uma das categorias mais sindicalizadas do mundo.

Buscando captar esse fenômeno, o olhar da pesquisa tem se voltado ora “para dentro” da categoria, observando questões de organização interna, de gênero, raciais, da migração, democratização, autonomia, liberdade sindical e outras; assim como “para fora”, quando envolve governos, administrações, o Estado e suas políticas, os empregadores, as esferas políticas maiores, as classes sociais, etc. Tendo realizado, até então, seis eventos internacionais e quatro encontros preparatórios, os recursos que sustentam as atividades da Rede ASTE têm sido oriundos principalmente de organismos públicos nacionais brasileiros (CNPq e CAPES), bem como fundações estatais, universidades públicas e privadas, programas de pós-graduação de mestrado e doutorado; e em uma pequena medida sindicatos e organizações sindicais internacionais. Os resultados das pesquisas e dos debates em eventos bianuais vêm sendo publicados em revistas científicas e anais, bem como em coletâneas que mantém indelével a perspectiva internacional. Tais são os livros Associativismo e Sindicalismo em Educação: organização e lutas; o volume subsequente Associativismo e Sindicalismo em Educação: Teoria, História e Movimentos; e o terceiro volume Sindicalismo em Educação e Relações de Trabalho: uma visão internacional. Além destes, podem ser consultados os livros publicados pelos grupos de pesquisa sediados na UNINOVE, em São Paulo; e na Universidade de Rosário, na Argentina. Até então, a Rede ASTE realizou seus eventos em metrópoles brasileiras (Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo, Curitiba), e em Rosário (Argentina). Agora, na VII edição, as discussões ocorrerão em Lisboa (Portugal), na Universidade Lusófona. Lisboa apresenta a oportunidade de tecer relações ainda mais internacionalizadas, ao incluir pesquisadores/as de Portugal, Espanha, França, Bélgica, Suíça, Hungria e outros países europeus, que se somarão aos participantes de eventos anteriores, provenientes da Argentina, Chile, Colômbia, Equador, EUA, Inglaterra, México, Peru e Uruguai, o que demonstra sua perspectiva efetivamente internacional. Neste sentido, são os seguintes os objetivos do evento:

* articular pesquisadores/as da Europa a pesquisadores/as radicados/as na América, ampliando a internacionalização da Rede;

* promover e qualificar a investigação incluindo diversidade geográfica, de opções teórico-metodológicas e de campos disciplinares.

* aprofundar o conhecimento a respeito da pesquisa científica sobre movimentos sociais e sindicalismo, das relações dos centros de pesquisa com o associativismo e sindicalismo em educação, da conjuntura internacional em curso e perspectivas.

Comissão Científica

Adrian Ascolani (Argentina), André Robert (França), Antônio Teodoro (Portugal), Aparecida Neri de Souza (Brasil), Aurora Loyo (México), Carlos Bauer (Brasil), Elsa Estrela (Portugal), Deise Mancebo (Brasil), José Viegas Bras (Portugal), Julián Gindin (Brasil), Márcia Ondina Vieira Ferreira (Brasil), Maria das Neves Gonçalves (Portugal), Rosa Serradas Duarte (Portugal), Sadi Dal Rosso (Brasil), Savana Diniz (Brasil).

Comissão Organizadora

Adriana Migliavaca (Argentina), Aldo Munhoz Armenta (Mexico), Amarilio Ferreira Junior (Brasil), André Robert (França), Carlos Bauer (Brasil), Christian Matamoros (Chile), Elsa Estrela (Portugal), Luciano Pereira dos Santos (Brasil), Marcos Ferraz (Brasil), Maria Manuela Calvet Ricardo (Portugal), Ricardo Pires de Paula (Brasil), Rosa Serradas Duarte (Portugal).

Publicações

As comunicações apresentadas serão publicadas nos Anais do VII Seminário Internacional da Rede ASTE em formato de e-book.

Programa Provisório

11/07/2019

MANHÃ

  • Visita à cidade de Lisboa

                TARDE                 

  • 14H30M – ABERTURA DO SEMINÁRIO

            Reitor da ULHT; Coordenador do CeiED;

  • 15H- APRESENTAÇÃO DO SEMINÁRIO

            Marcia Ondina Ferreira; André Robert; Rosa Serradas Duarte; Sadi dal Rosso

  • 15H30M- 1ª MESA REDONDA -A INVESTIGAÇÃO CIENTIFICA NOS MOVIMENTOS SOCIAIS

Paul Boulland (Maitron França)- Le dictionnaire Maitron du mouvement ouvrier et du mouvement social en France : origines, développement, usages

Jeffrey Tyssens (Bélgica, Vrije Universitat, Bruxelles):  Le mouvement social et syndical (spécialement enseignant) en Belgique

 Ivan Bajomi (Eotvös University, Hungria): Le mouvement social et syndical (spécialement enseignant) en Hongrie.

Sadi dal Rosso (UnB, Brasil): Alterações nos sindicatos Brasileiros com a retirada do imposto sindical. 

Márcia Ondina Ferreira (UFPel, Brasil) Sindicalismo em educação e relações de gênero.
 

PAUSA

17H30 – 18H 30M - ATELIERS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE DOUTORANDOS

12/07/2019

MANHÃ

  • 9H30M- APRESENTAÇÃO DE INVESTIGAÇÕES / COMUNICAÇÕES EM SESSÕES PARALELAS

Ricardo Pires de Paula (UNESP, Brasil): 10 anos da Lei do Piso: dimensões e perspetivas do movimento sindical docente.

Laurent Frajerman (FSU, França): Une enquête récente sur la syndicalisation des enseignants en France -  Institut de recherches FSU, CHS université Paris I.

Aldo Munoz Armenta (Mexico):  La reforma educativa en México y los límites políticos de la resistência magisterial

Adriana Migliavaca (Argentina): El trabajo docente na Argentina contemporánea. Dimensiones y desafios al sindicalismo de izquierda

Erlando da Silva Rêses, Antonio Carlos Andrade de Souza e Dimitri Assis Silveira;  (Brasil) - Formação de Trabalhadores e Trabalhadoras na Capital:  Sentido e Significado da Atuação do Sindicalismo da e para a Educação no Distrito Federal.

DEBATE

TARDE

  • 14H 15H 30M – 2ª MESA REDONDA -APRESENTAÇÃO DOS CENTROS DE INVESTIGAÇÃO SOBRE SINDICATOS E PERSPETIVAS DE SINDICALISTAS

Hervé Le Fiblec (IRHSES, França): De la conservation des archives à la recherche pour la formation syndicale : le travail de l'IRHSES

Alain Dalançon (IRFSU, França): Les chantiers de l’IRFSU où militants et chercheurs se retrouvent. Présentation du tome 2 d’une histoire de la FSU (1997-2010) (França)

Sadi dal Rosso / Carlos Bauer: Rede ASTE.  

André Robert (Lyon 2, França) / Rosa Serradas Duarte (U. Lusofona, Lisboa): Criação da Rede Europeia de Investigação em sindicalismo docente

PAUSA

  • 16H -18H30M- APRESENTAÇÃO DE INVESTIGAÇÕES EM CURSO /COMUNICAÇÕES EM SESSÕES PARALELAS

Andrea Barbosa; Marcos Ferraz; Rosa Serradas Duarte (Portugal /Brasil): A CNTE-FENPROF e as disputas na política educacional- a luta dos professores Brasileiros e Portugueses no período democrático recente

Aurora Loyo (U. Mexico): Lecciones para las reformas educativas. Cuatro casos de América Latina

Savana Diniz (Brasil): Ponderações sobre a proletarização do trabalho docente e a organização político sindical nas universidades federais brasileiras

ATELIERS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE DOUTORANDOS

NOITE

  • 20H – JANTAR CONVÍVIO

13/07/2019

MANHÃ

  • 9H30M 12H30M – 3ª MESA REDONDA - A INVESTIGAÇÃO EM SINDICALISMO NUMA PERSPETIVA HISTÓRICA

Y. Verneuil (Lyon 2, França) ; A. Robert (Lyon 2, França): Le syndicalisme des professeurs de lycées en France au XXe siècle

Christián Matamoros - Los sindicatos docentes durante el fin de las dictaduras latinoamericanas. Los casos de Chile y Argentina.  

F. Mole (U. Genève, Suiça): MOLE : Pédagogie et sciences de l’éducation : la Société pédagogique romande et l’Institut Jean-Jacques Rousseau  (Suisse) 

Carlos Bauer e equipe de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), da Universidade Nove de Julho (UNINOVE), São Paulo, Brasil: Os estudos sobre a história do associativismo e do sindicalismo dos trabalhadores em educação na periferia da universidade brasileira 

Adrián Ascolani - Las federaciones de docentes de la provincia del Chaco, Argentina: surgimiento, crisis y reconstrucción (1971 - 1991)

DEBATE

TARDE

  • 14 H – 16H 30MMOVIMENTOS SOCIAIS, SINDICALISMO- ANÁLISE DA CONJUNTURA INTERNACIONAL (a confirmar)Participantes, entre outros de Portugal, França, Brasil
  • 16H 30M – 17 H Relato do trabalho dos ateliers e conclusões

 

ENCERRAMENTO DO SEMINÁRIO

  • 17H ASSEMBLEIA DA REDE ASTE

INSCRIÇÕES AQUI

NORMAS PARA APRESENTAÇÂO DE TRABALHOS AO EVENTO

O VII Seminário da Rede ASTE pretende dar continuidade ao processo de intercâmbio e aprofundamento da discussão sobre os fundamentos teórico-metodológicos das pesquisas sobre o associativismo e o sindicalismo em Educação, ampliando a presença de pesquisadores.

 

1. RESUMO

Envio até 30 de abril de 2019

O resumo deve conter:
Título: em maiúsculas, negrito, fonte Times New Roman, 12, 
Autores: último sobrenome em maiúsculas, nome em minúsculas. 
Identificação da instituição, unidade de federação e e-mail,
Titulação ou graduação.

Texto em parágrafo único contendo entre 1500 e 1700 caracteres com espaço (até 300 palavras), alinhamento justificado, Word, fonte Times New Roman, 12, espaço entrelinhas de 1,5.

O resumo deve ser enviado em arquivo word para o e-mail redeaste2019lisboa@gmail.com até 30 de abril de 2019.

2. O TRABALHO COMPLETO

Envio até 15 de junho de 2019

O trabalho completo deve conter:

Título: em maiúsculas, negrito, fonte Times New Roman, 12, 
Autores: último sobrenome em maiúsculas, nome em minúsculas. 
Identificação da instituição, unidade de federação e e-mail,
Titulação ou graduação.

Texto em fonte Times New Roman, 12, alinhamento à esquerda, espaço entrelinhas de 1,5, margem superior/inferior e esquerdo-direita de 3 cm, de 10 a 15 páginas, incluindo bibliografia. Autores: último sobrenome em maiúsculas, nome em minúsculas, titulação ou graduação, identificação da instituição, unidade de federação e e-mail.

O trabalho completo deve ser enviado em arquivo word para o e-mail redeaste2019lisboa@gmail.com até 15 de junho de 2019.

 

3. PÓSTER

O poster deve seguir as seguintes especificações:

Dimensões: 100 X 90 cm. O poster pode conter fotos, gráficos e texto, desde que a visualização não seja prejudicada.

1. Título em letras maiúsculas visível a 2 metros de distância.

2. Nome e instituição dos autores, também em destaque e logo abaixo do título.

3. Descrição concisa do trabalho, sempre com letras, figuras, tabelas,

suficientemente grandes para a leitura a uma distância de pelo menos 1 metro.

4. Objetivo(s) do trabalho

5. Análise e descrição dos resultados

6. Conclusões

7. Bibliografia consultada.

O texto com o conteúdo do póster deve ser enviado para o e-mail redeaste2019lisboa@gmail.com em arquivo word até 30 de abril de 2019.

O póster deve ser entregue à comissão organizadora no ato de credenciamento dos autores no primeiro dia do evento.

Os resumos e trabalhos completos devem ser enviados para o e-mail redeaste2019lisboa@gmail.com em arquivo anexo. Os autores receberão confirmação de recebimento.

Datas importantes:

Envio de resumo até 30 de abril de 2019

Recebimento de carta de aceite até 10 de maio de 2019

Envio de trabalho completo até 15 de junho de 2019

Inscrições aqui:

Participantes com comunicação: 30 Euros

Participantes sem comunicação: 40 Euros

Estudantes: 20 Euros